terça-feira, outubro 28, 2008


BANANAS

Quanto tempo leva um cacho de bananas pra ficar maduro, no pé?
Não, não plantei nem pretendo plantar uma bananeira aqui no apartamento! É que ao lado do prédio tem uma casa e nos fundos dela um pedaço de terra onde os donos plantaram bananeiras. Acompanhei o crescimento delas até surgirem dois lindos cachos. Só que estou esperando amadurecer e estou perdendo a paciência. Já se passaram pelo menos uns quatro meses e nada. Todo dia abro minha janela e dou de cara com as frutas. Não vou comê-las, não conheço os moradores embora já arquitetei varias formas de me tornar "amigo" da família. Nunca as pus em prática. Sei que me deliciarei só de vê-las, como me delicio com as mexericas e os limões cravo, vizinhos das bananas. Mas quando?

Trilha sonora: Day Oh - Harry Belafonte

domingo, outubro 26, 2008

DIA MUNDIAL DO MACARRÃO (2)

Estava lendo esse artigo da ABIMA (Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias) e achei interessante instituir-se um dia especial em homenagem ao macarrão (será que tem o dia da feijoada; do arroz-e-feijão; do PF, que agora se chama Executivo; da canja?). Sou de uma família de italianos e desde os tempos em que eu ainda era proibido de beber vinho e, nas refeições, sentava numa mesa separada dos adultos, dia do macarrão era no domingo. Macarrão este feito em casa, na raça, pela minha nona. Não só o macarrão, como também o molho de tomates comprados na feira no dia anterior e cozidos por um longo tempo em grandes panelas de ferro. O tefal ainda não tinha sido inventado. À mesa, o macarrão, o queijo parmesão Faixa Azul, ralado na hora, o molho e a galinha, também escolhida a dedo um dia antes no galinheiro que ficava em uma parte do quintal e que eu ajudava cercar a infeliz e acompanhava todo o processo: pegar, puxar o pescoço, depenar, queimar na boca do fogão as penas pequenas, abrir, tirar tripas e miudos e a preparação para a assadeira ou a panela. Para beber, refrigerante para os bambinos e vinho para os demais. Vinho tinto, geralmente sem marca, comprado de garrafão em uma adega perto de casa.

Todo domingo era assim, uma festa. À mesa, os de casa, os que vinham sem avisar, mas vinham sempre. Filhos com filhos, as vezes um tio e uma tia ou prima com marido. Muita gente, muita comida e muita conversa num almoço que podia durar a tarde toda, porque famílias italianas passam mais tempo na cozinha que em outro lugar da casa. Pelo menos a minha era assim e eu morro de saudades desses dias da macarronada que terminaram quando a nona foi embora.

RESPONDENDO:

Eliane - Sábado até as 18hs não é fácil, mas alguém precisa trabalhar, nao é? Beijão

Sandra Maura - Aqui em casa também é de todo jeito. Com molho, com manteiga, no alho-e-óleo. Até miojo, pra quebrar o galho.

Jack - Aqui mantemos a tradição. Macarrão tem que ser no domingo. Faz parte. Igual Faustão e Fantástico

VIDEOS:
Assistam aos vídeos alí do lado que foram especialmente selecionados para vocês.

Abraços a todos e um bom domingo, com ou sem macarrão!

sábado, outubro 25, 2008


DIA MUNDIAL DO MACARRÃO

No dia 25 de outubro a Abima comemora o Dia Mundial do Macarrão. Nesta data convidamos a todos para degustar um dos pratos mais democráticos e importantes da culinária mundial, o macarrão.

A palavra "Macarrão" vem do grego "Makària", que data há cerca de 25 séculos e significa caldo de carne enriquecido por pelotinhas de farinha de trigo e por cereais.

Curiosidades:

A palavra lasanha vem do grego lasanon, termo usado para designar tiras de massas cozidas ou fritas em pedras quentes.

O nome espaguete significa barbante. É um aportuguesamento de spaghetti, que em italiano é o diminuitivo de spago, corda.

De acordo com uma pesquisa japonesa, realizada no ano 2000, o macarrão instantâneo foi considerado a invenção japonesa mais importante no século XX. O karaokê veio em segundo lugar seguido pelo Walkman.

Leia mais em EU AMO MACARRÃO

quinta-feira, outubro 23, 2008



Desta vez não saio mais

Procuro um lugar para ficar. Procuro por mim mesmo num lugar em que deveria estar e que não incomodasse e que não mudasse a ordem das coisas e que ficasse invisível, sem ocupar espaço físico.

Preciso aprender flutuar, levitar. Talvez fazendo um curso de magia, mas será dificil pois se nem boiar n'água eu aprendi. Muito menos nadar, fora o tempo em que nadava no útero de minha mãe, num mar de placenta, mas isso era diferente e não precisei aprender. Daí vejo a vantagem nos partos dentro da água, onde (dizem) o bebe já sai nadando. Era só continuar vivendo alí e ficaríamos livres das aulas de natação, mas correriamos o risco de virarmos peixes e provar a teoria da evolução ao contrário.

(música em background: Borbulhas de Amor, com Fagner)

Quem dera ser um peixe
Para em teu límpido
Aquário mergulhar
Fazer borbulhas de amor
Prá te encantar
Passar a noite em claro
Dentro de ti

isso é tão lindo...


Voltando ao texto que tinha a pretensão de ser sério, mas me deixei perder pelas borbulhas, estou tentando escrever algo que explique porque sumi e porque estou tentando voltar. Não tem explicação, já que esta não é a primeira vez que acontece. Em cinco anos de blog fui e voltei várias vezes e a cada volta sinto que será a definitiva. "Desta vez não saio mais" até sair de novo e voltar de novo. Esta é apenas mais uma volta!

sábado, agosto 02, 2008



ALTA

Finalmente, depois de sete meses do tombo, uma cirurgia, um monte de RX da mão e dezenas de sessões de fisioterapia, recebi alta do meu médico. Já estava cansado dessa vida: três vezes por semana, sair de casa cedo, andar três quilômetros (ida e volta), tomar metrô e sofrer meia hora nas mãos de uma fisioterapeuta (Grazy Anne) que dobrava meus dedos, independente dos meus ais e uis e da minha cara de sofrimento (embora acredite que vou acabar sentindo falta dessa maratona, das pessoas que conheci, das brincadeiras entre uma dor e outra, da dona Simpson...). Não posso dizer que estou cem por cento curado, mas o tombo foi feio, um dos dedos foi praticamente destruído. Agora é voltar à vida normal e (ordem do doutor) fazer tudo o que fazia antes da queda. Ainda está difícil descascar batatas ou laranjas, mas eu chego lá.

Um bom final de semana para todos. Não esqueçam de torcer pelo Massa no Grande Prêmio da Hungria, amanhã cedo. Quero ouvir a música do Senna... tcham tcham tchammmmm tcham tcham tchammmmm

domingo, julho 20, 2008



Dercy Gonçalves

Impossível não falar na Dercy. Eu cresci vendo a em programas de televisão. Sempre irreverente, desbocada, mas muito, muito engraçada. Como, acredito, todos os brasileiros estão hoje, também estou triste. Impossível não gostar da Dercy!

Abaixo uma crônica de Ruy Castro que foi publicada na Folha, em junho, por ocasião de seu aniversário.

SÁBIA DERCY
Ruy Castro

Dercy Gonçalves, que está completando 102 anos em 100 (sua família, em Santa Maria Madalena, RJ, levou dois anos para registrá-la), é hoje a mulher mais lúcida do Brasil. No ano de seu nascimento, 1905, o presidente da República era Rodrigues Alves. Seguiram-se 24 presidentes, três golpes de Estado, duas longas ditaduras, um suicídio, uma vacância por morte e um impeachment. Mas Dercy continua firme.

Quando ela nasceu, Machado de Assis estava vivo e ativo. E Olavo Bilac, João do Rio e Lima Barreto. O samba ainda não existia, assim como a marchinha de Carnaval e o jazz. A televisão, nem em sonho, nem mesmo o rádio - o cinema, sim, mas Hollywood, não. E Mario Reis (1907), Carmen Miranda (1909) e Noel Rosa (1910) também ainda não eram nascidos. Pode crer.

Para não ir longe: Dercy nasceu um ano antes que Santos Dumont voasse em Paris com o 14-Bis. O austro-húngaro Franz Lehar levaria dois anos para compor A Viúva Alegre. Automóveis, gramofones e máquinas de escrever eram novidade e as mulheres ainda se espremiam em espartilhos. Tico-Tico, a revista, acabara de surgir - Eu Sei Tudo, Fon-Fon e Kósmos, ainda não.

Dercy nasceu muito antes da Primeira Guerra (1914-18), da Revolução Russa (1917) e da Gripe Espanhola (1918). Aliás, quando tudo isso aconteceu, ela já tinha idade para ler a respeito nos jornais. E, mais que adulta, foi contemporânea do massacre dos 18 do Forte de Copacabana (1922), da morte de Rodolfo Valentino (1926), do surgimento do cinema falado (1927), da inauguração do Cristo no Corcovado (1931). E tome polca.

Dercy viu tudo e continua entre nós, mais sábia do que muitos. Não espera ou pede nada, e não acredita em ninguém, só nela. E, se a chatearem, ela manda para aquele lugar.

sexta-feira, julho 18, 2008



Homem da Caverna

Enquanto aguardava ser chamado para minha sessão de fisioterapia (ainda estou fazendo), peguei uma revista para ler. Vocês sabem, revista de sala de espera nunca é nova. Essa era de Abril. Revista Morar, da Folha de São Paulo. Essa revista traz idéias de reformas, construções, meio ambiente e tudo o que se relaciona a morar. Detive-me na última página onde uma crônica me chamou a atenção. Homem da Caverna. Vou transcrever aqui esse texto para vocês sentirem porque me interessei. Pena morar em um apartamento onde cada um já tem o seu espaço (menos eu, é claro!), mas ainda vou dar um jeito, afinal minha coleção de corujas, meus dois trens elétricos e minhas naves de Star War e Star Trek não merecem ficar encaixotadas num lugar qualquer!

A autora do texto, Lúcia Carvalho, é dona do blog Frankamente, que vale a pena ser visitado.

Homem da caverna
por Lúcia Carvalho

Uma amiga voltou dos Estados Unidos e me contou: o mercado imobiliário americano lançou uma supernovidade. Trata-se de "man cave", ou a caverna do homem, espaço exclusivo para os homens dentro de casa.

- Hã? Os homens americanos estão voltando para as cavernas? -, perguntei a minha amiga, confusa.

- Lúcia, preste atenção, algumas casas modernas agora têm um espaço, que geralmente fica no porão, onde os homens fazem o que querem e colocam tudo de que gostam: coleção de tacos de golfe, de figurinhas de beisebol ou tampinhas de garrafa, TV de 60 mil polegadas, guitarra, aparelhos de ginástica, aquela poltrona cafona mas superconfortável. Um lugar onde só ele entra. Uma ultra, plus, megacaverna moderna.

- Nossa! E isso vende?

- Minha irmã trocou de casa no ano passado. Depois de visitar várias, ela e meu cunhado escolheram a que tinha a melhor "man cave" -, explicou.

Fui correndo contar a meu marido, que é arquiteto como eu.

- Já ouviu falar disso? "Man cave"?

- Nunca, mas adorei -, ele respondeu com os olhos brilhando -, e quero ter uma "caverna" dessas para mim. Como não pensei nisso antes?

Ri e fiquei pensando de onde vem a necessidade de o homem se recolher em um cantinho, como se o restante da casa não lhe pertencesse. Meu marido, incentivado pela idéia, ficou horas argumentando que precisa desse espaço.

- Qual lugar aqui é só meu? Tenho apenas a frente da churrasqueira e olhe lá -, ele disse, indignado com a descoberta. A bancada da pia do nosso banheiro é toda entulhada com seus cremes, a sala é dos nossos filhos adolescentes, o quintal é uma quadra poliesportiva. Até a empregada tem um quarto e um banheiro só dela. Estou mais mal-alojado que o cachorro.

- A gente não tem cachorro! - lembrei. Aliás, você nem tem coleção, por que precisaria de uma "caverna"?

- Como não? E minhas ferramentas? E meu micro que todo mundo usa como se fosse lan house? E se quiser montar um avião de brinquedo, ou escrever um livro?

Como moramos em uma casa, ele teve uma idéia: iria fazer a "caverna" dentro do telhado, como se fosse um sótão. Passou a fazer planos mirabolantes e a sonhar com tudo o que colocaria lá em cima. O mercado é esperto, concluí, porque pesca direitinho as necessidades das pessoas.

Mas, pensando bem, nos novos espaços não existe mesmo um lugar para o "chefe da família". A idéia de uma "caverna" agrega muita fantasia: um local só dele, o homem, o provedor. Um local cheio de segredos, exclusivo. Antigamente, algumas casas tinham escritórios, mas esses espaços perderam terreno para "home theaters" e "familys rooms". E com essa coisa de decorador para tudo -hoje se decora até cozinha e banheiro-, acabamos definindo os espaços como mandam as regras e abolimos a possibilidade de o dono da casa ter suas coisas colocadas de seu modo em um canto.

Pensei bem e concordei. Homens precisam mesmo de cavernas. Mas, nos edifícios residenciais cheios de suítes, onde elas se encaixariam? Em uma das vagas de garagem no subsolo? Na adega? No quarto de empregada? Nossa, se a moda pega, os arquitetos vão pular miudinho.

Suspirei fundo. Percebi que existe uma lógica masculina nesse entendimento que não vale a pena questionar. A arquitetura está aí para resolver problemas e atender às necessidades. Tudo bem, homens de hoje precisam de "cavernas". Quem sou eu para mexer com a masculinidade deles?

Revista Morar
(Folha de São Paulo)
29/04/2008

quinta-feira, julho 10, 2008

Nossos comerciais, por favor! (*)

Sempre gostei muito de assistir os comerciais da TV. Tem certas emissoras que o intervalo comercial é a melhor parte da programação. Gosto tanto que acabei me formando publicitário, embora jamais tenha exercido a profissão. Hobby!
Um bom comercial dá prazer em assistir. Acho que todos concordam comigo. Vou postar aqui tres comerciais. Um novo e dois antigos que ficaram na memória.

O novo é o comercial da Natura que começou a ser veiculado estes dias.



Eis o texto e os créditos:

Rotina...

A idéia é a rotina do papel.
O céu é a rotina do edifício.
O inicio é a rotina do final.
A escolha é a rotina do gosto.
A rotina do espelho é o oposto.
A rotina do perfume é a lembrança.
O pé é a rotina da dança.
A rotina da garganta é o rock.
A rotina da mão é o toque.
Julieta é a rotina do queijo.
A rotina da boca é o desejo.
O vento é a rotina do assobio.
A rotina da pele é o arrepio.
A rotina do caminho é a direção
A rotina do destino é a certeza.
Toda rotina tem a sua beleza.

Ficha Técnica (filme):

Título: Rotina
Duração: 45” e 30”
Cliente: Natura Cosméticos S.A
Produto: Todo Dia
Agência: Taterka
Diretor de atendimento: Eduardo Simon
Atendimento: Alessandra de Albuquerque
Aprovado por: Eduardo Costa, Erik Galardi
Direção de Criação: Dorian Taterka / Marcelo Lucato
Criação: Paulo Leite, Rodrigo Vezzá, Daniel Mattos e Sigueru Hashimoto
RTV: Patrícia Gaglioni
Produtora: Bossa Nova Films
Diretor: Willi Biondani
Diretor de Fotografia: Walter Carvalho
Diretor executivo: Mércia Lima
Montagem: Wilson Fernandes
Finalização: Nimitz
Trilha Sonora: Banda Sonora

Fonte(s):
http://www.ccsp.com.br/ultimas/noticia.p...


Este é da Revista Época, no seu lançamento. A Semana. Muito bom também e, não sei porque, circulou muito pouco.




Finalmente (antes que alguém deslige o pc!) o comercial do Pão de Açucar, O que faz você feliz, que foi veiculado em 2007.



(*)Era assim que Flávio Cavalcante anunciava o intervalo comercial em seu programa.

sábado, julho 05, 2008

E S POSTHUMUS

Visitando o blog da Jady, Between us, notei que ela citou a banda ES Posthumus. Confesso que foi surpresa, pq achei que só eu os conhecia. Acho que nunca encontrei alguém que ouve esses caras, que eu gosto muito. Deixo aqui um clip da série Cold Case, que durante os créditos tem de fundo a música Nara, da banda citada.

sexta-feira, julho 04, 2008

OPS!! Tá chovendo helicóptero na minha rua...



SÃO PAULO - Pelo segundo dia consecutivo, a capital paulista registrou problemas com helicópteros. Nesta quinta-feira, um helicóptero teve que fazer um pouso forçado dentro do Cemitério São Paulo, localizado entre as ruas Henrique Schaumann e Cardeal Arcoverde, em Pinheiros, na zona oeste da capital. Nenhuma pessoa ficou ferida.
(Globoonline)

terça-feira, julho 01, 2008



Publicado na coluna "Sapo n'agua" do Jornal Cruzeiro do Sul - Sorocaba

Aumenta o rigor contra quem dirige carro após beber.

E dirigir o país pode???

terça-feira, junho 24, 2008

Pálido Ponto Azul

Recebi este vídeo da minha amiga Mércia e gostaria que vocês assistissem, caso não conheçam.
Vale a pena!


domingo, junho 22, 2008


Massa vence na França e é líder do campeonato.

Um bom jeito de começar o domingo!

Essa é pra comemorar e sentir saudades:

domingo, junho 15, 2008

A Mangueira está de luto. Morreu Jamelão

Jamelão, nome artístico de José Bispo Clementino dos Santos, (Rio de Janeiro, 12 de maio de 1913 — Rio de Janeiro, 14 de junho de 2008) foi um cantor brasileiro, tradicional intérprete dos sambas-enredo da Escola de Samba Mangueira.

sábado, junho 14, 2008



Descubra o verde.
Descubra Planet Green.


A Discovery Networks Latin America/US Hispanic (DNLA/USH), divisão da Discovery Communications, empresa global líder em mídia baseada na vida real, anunciou o lançamento de “Descubra o Verde”, uma iniciativa regional que está alinhada ao lançamento global de Planet Green. O projeto visa promover o estilo de vida ecologicamente correto por meio de ações corporativas e programação especialmente desenvolvidas para abordar a causa verde de maneira atual e pertinente. Nos Estados Unidos, o Planet Green determina, entre outras diretrizes de multiplataformas, a criação do primeiro canal com programação inteiramente dedicada ao estilo de vida verde, previsto para ir ao ar no país no início de 2008.

Na América Latina, “Descubra o Verde” será formado por blocos de programação especiais chamados de Planet Green e ferramentas interativas on-line com versões em espanhol e português, além de aderir ao programa de responsabilidade social da empresa, o Discovery na Escola. A iniciativa regional integra o investimento de US$50 milhões que a Discovery Communications aplicará no desenvolvimento de produções originais que incentivem a preservação ambiental, em todas as regiões do globo.

Assista o vídeo da campanha:



Saiba mais aqui.

Vamos participar? Vamos divulgar?

sexta-feira, junho 13, 2008

São Longuinho


Há uma crença popular no Brasil, de que São Longuinho acha objetos perdidos. É só repetir:

São Longuinho, São Longuinho, se eu achar (nome do objeto perdido) dou três pulinhos e 3 gritinhos (Achei, São Longuinho. Achei, São Longuinho. Achei, São Longuinho.)
Quando a pessoa encontra o objeto precisa cumprir a promessa em devoção ao santo.

Por isso uma imagem cômica do santo foi muito usado na publicidade do Guia Mais, justamente por ele "achar" as coisas.

Curiosidade:
Recentemente, em Guararema, cidade paulista que cultua São Longuinho, três jovens entraram na Igreja de Nossa Senhora da Escada, no bairro de Freguesia (onde existe a imagem mais antiga do Brasil do santo "achador"), desejando agradecer a São Longuinho o fato de reencontrarem o que desejavam. Devia ser algo muito valioso, pois cada um deu três mil pulos.

O que não se encontra explicação é o fato dos três pulinhos para agradecer o santo. Segundo a tradição popular, "teria saído do ferimento de Jesus sangue e água, espirrando nos olhos de Longinus, curando-o de uma enfermidade. Como ele também teria problemas nas pernas, os pulos das pessoas são dados em sua homenagem".

Seu culto é difundido no Brasil, Portugal e Espanha. Sua festa é celebrada em 15 de março.


Não, não perdi nada. É que hoje é dia de Santo Antônio e ele também, além de casamenteiro, ajuda as pessoas a acharem coisas perdidas. Só que não precisa pular!

domingo, maio 25, 2008

Hoje é o dia da toalha! ???

Também não entendi, mas se vc for no site da Wikipédia e digitar qualquer dia, vc verá que cada dia é dia de alguma coisa. Alguns de várias coisas. Hoje, por exemplo, é dia da Toalha, da Indústria, da Adoção, do Trabalhador Rural, Revolução de Maio na Argentina, da Africa, do Sapateado e Dia Internacional das Crianças Desaparecidas.

Será que tem dia do internáuta, do blogueiro. Casos a se pesquisar!

Aqui em Sampa é dia da Parada Gay na Paulista e em Monte Carlo é dia do Grande Prêmio de Mônaco e é isso que eu estou fazendo: esperando começar. Adoro Fórmula 1, desde os tempos de Emerson Fittipaldi e do Cooperçucar, lembram?

Um bom domingo a todos. Aproveitem o dia, seja lá do que for.

Tem videos novos alí do lado.

sábado, maio 10, 2008



GUERNICA

Acho que todos vocês conhecem o quadro Guernica, de Picasso, não é?

Então assistam este vídeo que recebi da Lêda e vejam do que a computação gráfica é capaz! Aqui, ó!

quinta-feira, maio 08, 2008

Caso Isabella: a dor da falta de sentido
ARNALDO JABOR


(...)
A lei tem de ser mais temida, rápida, cruel. Por que tantos crimes contra as crianças? O caso do João Hélio, crianças decapitadas na Febém, jogadas em pântano em Minas, no lixão, aquela psicopata em Goiás que contratava meninas pobres para torturar, pedofilia, tudo...

o texto completo está aqui.


THE END

Dia 8 de Abril de 1970 o mundo beatlemaníaco ganhou seu último album da banda. Dois dias depois Paul McCartney anunciaria a sua dissolução. Let It Be, totalmente gravado em estúdios pois eles jã não mais se apresentavam em público, foi apenas a confirmação do que já era esperado. Lembro que na época eu não queria acreditar nas coisas que lia e ouvia falar. Como seria possível uma coisa dessas acontecer? Mas aconteceu! Os Beatles acabaram...

Deixo um vídeo, famoso, gravado no telhado do prédio onde ficava a gravadora dos Beatles com a música Get Back, do album citado.

terça-feira, maio 06, 2008



Invenções

Há alguns domingos atrás, enquanto esperava a Fórmula 1, assisti num desses programas que a Globo passa logo que o dia amanhece (Globo Pesquisa, Globo Ciência, etc), uma reportagem sobre um cidadão que havia inventado um sistema de eletricidade por bateria solar com garrafas pet. Garrafas de 2l de Coca-Cola, guaraná e assemelhadas, cortadas e remontadas com tubos de pvc.
Hoje recebi um email da Jack (Jack não tá fazendo nada) com a invenção de um outro cidadão, usando a mesma matéria prima (garrafas pet), para substituir lâmpadas.
Ambas as invenções são interessantes, funcionam e ainda dão uma utilidade às garrafas que acabam em lixões ou poluindo rios. Uma pena que ninguém irá fabricar em série. As concessionárias de energia elétrica não iriam gostar!

Vocês podem conferir as duas invenções aqui e aqui.


Que nome devemos dar a vocês?

Josef Fritzl

Alexandre Nardoni
Anna Carolina Peixoto Jatobá


Guillermo Habacuc Vargas

Simone Cassiano da Silva

Pior que não são só estes. Tem muito mais!

quinta-feira, maio 01, 2008

Recebi esse vídeo por email e achei bastante curioso.



Fico aqui imaginando como comemos porcarias sem saber, ou sabendo e ignorando, deixando nos levar pelo sabor ou pela aparência. Não vou deixar de comer as batatas do Mc Donald. Se fosse cortar todo alimento industrializado que fiquei sabendo como foi feito, a esta hora estaria jantando salada de tomate ou alface plantados no meu quintal. Talvez viva um ano ou dois a menos, por conta de todas as porcariadas que comi durante a minha vida... mas valeu a pena!

sábado, abril 26, 2008

Gosta de música? Toca algum instrumento? Quer brincar de tocar?

Clica aqui!

(use o teclado do pc, mas não nas letras que o site indica)

Desperte o músico que há em você. rssssss

quinta-feira, abril 24, 2008

BOSSA NOVA - 50 ANOS



A Bossa Nova está completando 50 anos. Acho que vocês já ouviram algo a respeito. Eu adoro Bossa Nova. Ela apareceu mais ou menos quando comecei gostar de música.
Vou reproduzir um artigo que publiquei no Playground dos Dinossauros, blog que participei alguns anos atrás (com licença da minha chefa Leda, que eu não pedi, mas sei que ela iria dar!) onde eu conto essa história.

De todos os movimentos de música creio que o que mais me tocou foi a Bossa Nova. Virei um aficionado e gosto até hoje. A Bossa Nova teve início em 1958 e sua criação é atribuída a João Gilberto que tinha um jeito diferente de tocar seu violão. O disco Canção do Amor Demais, com músicas de Tom Jobim e Vinicius de Moraes interpretadas por Elizeth Cardoso é tido como o marco inicial e mudaria a história da música brasileira. Umas das faixas, Chega de Saudade, com a participação de João Gilberto, levou para outros continentes o novo ritmo.
Até hoje são compostas, não só no Brasil, músicas que usam a batida da Bossa Nova. Até o ano de 2003, uma das músicas mais tocadas no mundo era Garota de Ipanema, que foi gravada em vários idiomas e por um grande número de intérpretes como, por exemplo, Frank Sinatra.


Aqui um vídeo com Pery Ribeiro, o primeiro cantor a gravar Garota de Ipanema,



Comecei acompanhar a Bossa Nova ainda pelo rádio. Um programa diário na década de 60 apresentado por Fausto Canova, chamado Canova Bossa, trazia todas as novidades sobre o assunto. Virei fã. Ouvia muito Sylvia Telles, Carlos Lyra, Johnny Alf, Nara Leão e outros. Durante muito tempo nenhum outro tipo de música me interessou. Até a chegada de quatro rapazes cabeludos vindos de Liverpool. Mas isso é assunto para outro dia!

Playground dos Dinossauros - Sexta-feira, Janeiro 14, 2005


Para elucidar esse evento, colocarei semanalmente um vídeo de Bossa Nova, alí do seu lado direito, onde estão os videos de cinema e música. Começo com João Gilberto e Chega de Saudade, de Tom e Vinicius.

quarta-feira, abril 23, 2008

ACHE O PADRE!



Pelos meus 7, 8 anos de idade eu fazia o primário numa escola administrada por uma igreja católica e o padre se locomovia com uma moto. E eu achava aquilo uma doidice. Um padre de moto! O que vcs acham de um padre viajando em balões de festa?

terça-feira, abril 22, 2008

Eu não senti.
Você sentiu?
Terremoto em São Paulo? Estão falando até em tsunami... Eu heim!
Vou mimbora pra Passárgada!
O TERCEIRO ELEMENTO

Bom nome para uma filme de suspense. Não confundir com O Quinto Elemento, filme de Luc Besson. Estou falando do caso Isabella. A polícia procura agora o terceiro elemento. A pessoa que lavou a fralda. Não sei vocês, mas eu não aguento mais ouvir falar desse caso. Aqui em Sampa é só ligar a TV num canal aberto e, com muita sorte, não tem ninguem falando no assunto. A polícia levou quase um mes pra comunicar o que todo mundo já sabia. Durante esse tempo fez-se uma propaganda danada sobre todo o equipamento que a polícia dispõe para resolver casos como esse. Um mes! O pessoal do CSI ou do Law & Order resolvem em 50 minutos. Melhor ver TV (mesmo porque ninguém morre de verdade)!

sábado, abril 19, 2008

Gente Nova

Gostaria que vocês assistissem este vídeo. Música instrumental de primeira. Eles estão começando e eu estou ajudando a divulgar. O baterista é filho da minha amiga Ana. Ouçam até o final e digam se gostaram. Obrigado

quinta-feira, abril 17, 2008

O som do meu celular:

DEU NA TV

Essas propagandas da Polishop me hipnotizam. Quantas maravilhas ao nosso alcance! Cada vez que vejo aquele cara mostrando as diversas escadas que a Super Ladder se transforma, me assanho todo a ligar para aquele número e adquirir uma. E aquela vassoura da Phillips? É só colocar na tomada para recarregar a bateria e vc terá 55 minutos para usar a sua vassoura. Antes se chamava "feiticeira" ou "vassoura mágica". Quero a minha eletric sweeper!
Nem vou falar da centrífuga Juicer da Walita. Me dá sede só de ver o monte de sucos que poderei fazer com ela. Vou comprar aquela mangueira também. Enrolada, ela não pega lugar algum. Imaginem a serventia que ela vai ter aqui no meu apartamento! Hummm, e a furadeira...

e eu pago pra assistir tudo isso!


RESPONDENDO:

Aju:
Também estava com saudades do mundo blogueiro e o melhor, não estou sentindo falta nenhuma da rede de intrigas. Abraços

Sandra:
Que bom que vc tem a mesma opinião que eu. Conto com sua presença aqui. Te gosto pra xuxu. Beijão

Angela:
Essa não é a primeira vez que o Orkut me causa problemas, por isso a decisão de sair de lá. Obrigado pelas palavras e volte sempre.

Ilda:
Adorei sua visita. Cheguei a conclusão que era hora de mudar. Vc sabe, o que se repete sempre pode causar problemas (Lesão por Efeito Repetitivo). O orkut estava trazendo LER pro meu cérebro. rssss

Kutinha:
Obrigado, Kuku. Foram bons tempos... Apareça sempre. Abraços

Jaque:
Conhecemos gente boa e gente ruim, mas quando a balança começa pender pro lado obscuro, é melhor sair. Com isso aprendemos (se não sabíamos) que blog nos dá mais caminhos para imaginação. E vamos escrever! Beijão

Eliane:
Nossa, nos conhecemos há mais de cinco anos. Desde nossos primeiros bloguinhos. Não lembrei o nome do seu. Gostei muito da tua visita. Beijos

Minha doce Meg:
É uma honra te receber aqui. Vc sabe que estou aqui pq um dia vc saiu e, felizmente pra comunidade blogueira, voltou. Saudades do Sub Rosa. Beijos

Jack:
Não adiantou botar a foto do meu sosia. Rssssss
Eu to me livrando do vício. Foi mais facil largar o cigarro!
Abraços

(Faltam 13 dias para terminar o prazo pra entrega das declarações de imposto de renda. Vc já fez a sua? Eu obviamente não, faço no último dia. Pra que pressa?)

segunda-feira, abril 14, 2008

orkut

REDE DE INTRIGAS

Não, não vou comentar o ótimo filme de Sidney Lumet, Rede de Intrigas (Network).
Aqui, no caso, estou falando do site Orkut (Quem nunca teve o seu?). Foi graças ao Orkut que eu deixei de ser blogueiro. Eu acredito piamente que a culpa por muitos blogs terem "morrido" como morreu o meu, foi do Orkut. Estive olhando e quase todos os blogs da idade do VoltaMeg viraram "página não encontrada" ou estão lá, inativos ha um, dois anos. Poucos sobreviveram (Between Us, da Jady e Metamorphose (que tinha outro nome) da Eliane e mais um ou outro por aí). Coincidentalmente elas não estão no Orkut (tem página, mas não participam), o que reforça minha teoria: O Orkut é o assassino dos blogs! Ou vc escreve no seu humilde bloguinho ou vc brinca/briga no Orkut.


Eu optei pelo Orkut e hoje estou saindo dele pelo que falei acima e por todas as coisas ruins que ele pode nos trazer e, por isso, o título desta crônica. Conheci muita gente boa, conheci pessoas que de certa forma mudaram minha vida, mas também ganhei frutos azedos ou podres. Pessoas mal intencionadas que se escondem por tras de uma "amizade sincera" e na verdade estão lá distribuindo veneno em frascos de perfume. A rede de intrigas é grande e inquisidora. E uma pequena distração e vc está no meio da fogueira. Como não sou Joana D'Arc optei por sair. E aqui estou, ressuscitando o VoltaMeg. Com vontade de voltar a escrever e ler meus amigos blogueiros.

Abraços a todos!


Os vídeos alí do lado foram, finalmente, atualizados. Não deixem de ver o do filme A noviça rebelde, com a atriz Judi Dench. Muito divertido!
Aprontem os rufares dos tambores que eu estou voltando!