segunda-feira, agosto 30, 2004

Diga-me o que tem na geladeira de um homem e lhe direi como ele �!
(extra�do da revista Claudia, set/2004)

4 latas de coca-cola
1 caixinha de achocolatado
Hamb�rgueres e salsichas
Ketchup
Leite condensado
1 sobremesa de baunilha
Pasteizinhos

MEIO INFANTIL

1 pote de comida da mamãe
1 d�zia de sandu�ches
3 caixas de rem�dio
1 pudim feito pela zeladora do pr�dio

PERIGOSAMENTE DEPENDENTE

Suco concentrado
Leite em p�
Meio ovo cozido embrulhado em papel-alum�nio
1 bisteca que sobrou do almo�o no restaurante e ele trouxe para casa
1 margarina
Envelopes de a��car de coffee shops

SOVINA

1 jarra de �gua
1 caixa de pizza com uma azeitona dentro
Meia lata de picadinho de carne
Um restinho de maionese
1 gelatina

POBRE

�gua mineral com g�s importada
1 iogurte natural desnatado
Doce caseiro de kiwi
1 pão artesanal de centeio
Frutas secas
Comida especial para gatos

NEW AGE

1 garrafa de vodca no congelador
20 latas de cerveja
Azeitonas
1 limão
Muitos cubos de gelo

(essa � a minha geladeira, meu Deus!)

UM POUCO BÊBADO

Champanhe francês
1 suco de tomate americano
V�rios queijos importados
Restos de delivery de comida japonesa
2 potes de sorvete

MUITO FR�VOLO

�gua com g�s
2 caixas de leite
5 almôndegas
8 ovos
Queijo para ralar
Massa para pastel
7 crepes sem enrolar
Alface

CASADO
O OURO ROUBADO

Leia aqui no meu outro blog a crônica do escritor Francisco Simões sobre o que aconteceu com nosso maratonista, ontem em Atenas.

domingo, agosto 29, 2004

Cadê meu som?


A primeira sensa�ão � de raiva, �dio, impotência diante do fato. A gente olha e fica parado tentando acreditar no que est� vendo. Demora uns segundos para cair a fixa. Isso foi o que me aconteceu quando cheguei ao meu carro e notei que haviam estourado o vidro e roubado meu CD player. Em plena sexta-feira à tarde. Enquanto via o Brasil perder mais algumas medalhas l� na Gr�cia eu perdia aqui em Sampa. Sempre resisti em colocar essas coisas no carro. Quando o must era roubar toca-fitas eu tinha s� r�dio. Quando troquei de carro não queria, mas diante da insistência de filha e vendedor acabei colocando o original de f�brica, porque esses não são roubados. Esqueceram de avisar o ladrão!

Susto passado, seguradora avisada (não, o CD player não tinha cobertura, s� o vidro), eu circulando em plena manhã de s�bado pela Avenida Sumar� com um saco de lixo onde antes havia um vidro insufilmado me dirigindo para a vidra�aria. Agora tudo est� bem e o carro cada vez mais econômico porque est� cada vez mais leve. J� levaram o estepe, a caixa de ferramentas, a lanterna, a caixinha de primeiros socorros (lembram quando eram obrigat�rias?) e agora o som. Vou colocar um aviso dizendo que não tem mais nada de �til. Se quiserem que levem o carro!

Agora estou na d�vida se deixo o buraco no lugar do som e canto ao inv�s de ouvir m�sica (mas cachorro j� protestou diante dessa id�ia maluca!) ou se compro um r�dio sem nada, daqueles que eles não roubam. Ser�?

sexta-feira, agosto 27, 2004


Houve um dia que o tempo estava como agora. Um pouco de frio. Nublado. Um pren�ncio de chuva. Houve um dia que apesar de tudo isso estar acontecendo era um dia claro, um dia de muita luz. Você estava presente. Você onipresente na minha vida. Você tão pr�xima que eu podia ouvir sua respira�ão, podia sentir o calor do seu corpo, podia olhar dentro dos seus olhos e ver o reflexo de uma paixão. Houve um dia. Não mais!
Hoje estou tamb�m no Playground. Conhe�am alguns rem�dios que eu tomava quando era crian�a pequena!
H� alguns dias atr�s publiquei a foto da lateral da minha geladeira. Existem ali, entre outras coisas, um n�mero enorme de propaganda de pizzarias delivery. Em uma gaveta tem uma pasta com outro n�mero enorme de card�pios dessas mesmas pizzarias. Acumuladas durante muito tempo de glutões. Agora a questão �: Para que tantos card�pios de tantas pizzarias se acabam sempre pedindo do mesmo lugar e sempre os mesmos tipos?
A mesma coisa com receitas. Livros de receitas, receitas manuscritas, receitas datilografadas (vocês sabem o que � datilografar?), receitas recortadas de embalagens. Na hora de fazer um prato elas ficam devidamente esquecidas e a receita usada � aquela que est� na cabe�a porque � a mais f�cil e a que todos gostam. Inventar tamb�m � aceit�vel. Mas mergulhar naquele mar de pap�is... Jamais!

Acontece tamb�m com vocês?

Hoje � sexta-feira, dia de Bav�ria, Bohemia, Brahma,... Um bom fim de semana para todos!


terça-feira, agosto 24, 2004



Um dos problemas de uma cidade como a nossa � o grande n�mero de sem-tetos. Eles enfeiam, tomam conta de pra�as e monumentos, espalham suas tralhas, atrapalham o trânsito de pessoas e carros. Mas o que est� acontecendo em São Paulo não � justo e não pode continuar. Imposs�vel ficar alheio a esses assassinatos.

segunda-feira, agosto 23, 2004

Bolero de Ravel tem um significado especial para mim. Mas este desenho com certeza vai fazer muita gente se emocionar pela beleza das imagens. Assistam. � maravilhoso. (recebi por email da minha amiga Silvia, do Orkut)

Update:
Efeito colaterais: Pode causar sono em algumas pessoas que não estejam envolvidas romanticamente com a m�sica. Nesse caso recomenda-se não assistir!


Existem m�sicas que mexem comigo. Deixam-me feliz, por lig�-la a um momento de alegria ou triste pelo contr�rio. Existem m�sicas lindas, como Concierto de Aranjuez, que me colocam numa esp�cie de transe. Não sei exprimir o sentimento real a que sou levado quando a ou�o. Saudades de lugares onde nunca estive, de pessoas que nunca conheci, de um tempo que não vivi. Coisas que não sei explicar, mas que são boas. Eu não sei o que � isto...

sábado, agosto 21, 2004

Um jogo para vocês quebrarem a cabe�a. J� conhecia outro parecido mas este aqui achei bem dif�cil. Ali�s não consegui resolver. � um teste de QI chines. (donde se conclui que eu não passaria num teste na China. Bom saber!) Um rio, um barco, uma fam�lia, um policial e um preso. � s� atravess�-los. Tem as regras em português. Divirtam-se. Eu roubei do Mundo Digital, da UOL (como sou assinante, não foi roubo!). O jogo est� aqui.

quarta-feira, agosto 18, 2004

terça-feira, agosto 17, 2004

Meu celular nunca mais tocou Bolero, de Ravel!


A lateral da minha geladeira � assim. A de vocês tamb�m?
Volta da Censura

Vocês j� ouviram falar na ANCINAV? Significa Agência Nacional de Cinema e Audiovisual. Bonito nome! Fun�ão: Controle da produ�ão de cinema e televisão. E do Conselho Federal de Jornalismo? Fun�ão: orientar, disciplinar e fiscalizar o exerc�cio da profissão de jornalista.

Essas id�ias sa�ram, e estão em andamento, do Pal�cio do Planalto. Isso, em outras palavras significa a volta da censura, tão conhecida e aplicada durante o regime militar (1964-1985).

"Por que uma democracia que elegeu presidentes quatro vezes � e que teve papel fundamental num processo de impeachment � delegaria a cinco pessoas o controle de sua imprensa? Al�m de criar c�digos de conduta e estabelecer normas de processo disciplinar, o conselho ainda reserva para si a prerrogativa de resolver "os casos omissos na lei" � com puni�ões que podem chegar à cassa�ão do registro profissional. O sujeito punido deve procurar trabalho em outra atividade. Isso � ou não � intimidador? Qualquer �rgão que represente amea�a à liberdade de informa�ão, tenha o nome que tiver, a origem que tiver, precisa ser rejeitado enfaticamente pela sociedade e por seus representantes democr�ticos".
(WILLIAM BONNER, editor-chefe e apresentador do Jornal Nacional, para a Revista Veja, 18/08/2004).


Gente, eu acho que cabe a n�s protestarmos contra isso. A censura foi uma fase negra para todos neste e em qualquer outro lugar. Isso não pode voltar. Briguem, gritem, protestem!


segunda-feira, agosto 16, 2004

Nos anos 2001/2002 o mundo gastou cinco vezes mais com implante de seios e com Viagra do que na investiga�ão sobre o mal de Alzheimer. O que se pode prever � que, daqui a 30 anos, haver� um grande numero de pessoas idosas com seios enormes e ere�ões extraordin�rias, mas incapazes de se lembrar para que essas duas coisas servem.

domingo, agosto 15, 2004

O texto abaixo foi escrito pela minha amiga Mariana para o blog Dedo das Mo�as.

Receita de uma falta


Ingredientes:

Uma pessoa de quem vc goste muito
Um quilo e meio de lembran�as doces
Meio quilo de imagens amargas
Uma d�zia de sorrisos
Dois sonhos inteiros
Uma gota de l�grima
Saudades a gosto


Modo de fazer:

Junte as lembran�as doces ao meio quilo de imagens amargas. Fa�a disso uma mistura homogênea e sem muito sofrimento. Separe um pouco e deixe guardado para uma outra ocasião. Pegue os sonhos, esquente-os no peito e reserve. À saudade junte a gota de l�grima e mexa cuidadosamente. Não coloque for�a na mistura. Tudo poder� ir por �gua abaixo, caso sua inten�ão seja bruta. Apenas junte os ingredientes. Um a um, fa�a deles um peda�o seu. Por fim, cubra a pessoa especial com toda essa calda. Est� pronto! � assim que a gente faz falta!

sábado, agosto 14, 2004

não adianta!
nem a procura de novos caminhos
me faz esquecer você.
est� nos poros
est� na pele
no cantinho da unha do mindinho
em todo eu
eu vejo você
Ser� que pl�stica e uma lipo resolve?
Ontem eu estive no Playground e esqueci de avisar. Mas nunca � tarde. Quem quiser matar a saudades da sua caneta-tinteiro, d� um pulinho l�!

sexta-feira, agosto 13, 2004


A m�sica de hoje � para você, sorriso mais bonito do Orkut!!!!
Porque a sexta feira 13 � considerada o dia do azar?


Tudo indica que essa crendice vem de duas lendas da mitologia n�rdica. De acordo com a primeira delas, houve, no Valhalla � a morada celestial das divindades �, um banquete para 12 convidados. Loki, esp�rito do mal e da disc�rdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga em que morreu Balder, o favorito dos deuses. Instituiu-se, então, a supersti�ão de que convidar 13 pessoas para jantar era desgra�a na certa e esse n�mero ficou marcado como s�mbolo do azar. A segunda lenda � protagonizada pela deusa do amor e da beleza, Friga, cujo nome deu origem às palavras friadagr e Friday, �sexta-feira� em escandinavo e inglês. Quando as tribos n�rdicas se converteram ao cristianismo, a personagem foi transformada em uma bruxa exilada no alto de uma montanha. Para se vingar, Friga passou a reunir-se, todas as sextas feiras, com outras 11 feiticeiras, mais o pr�prio satan�s, num total de 13 participantes, para rogar pragas sobre a humanidade. Da Escandin�via, a supersti�ão espalhou-se por toda a Europa, refor�ada pelo relato b�blico da Ultima Ceia, quando havia 13 pessoas à mesa, na v�spera da crucifica�ão de Cristo � que aconteceu numa sexta-feira. No Antigo Testamento judaico, inclusive, a sexta-feira j� era um dia problem�tico desde os primeiros seres humanos. Eva teria oferecido a ma�a a Adão numa sexta-feira e o grande dil�vio teria come�ado no mesmo dia da semana.

Fonte: CENTRO APOLOG�TICO CRISTãO DE PESQUISAS � CACP


terça-feira, agosto 10, 2004

Não sou de publicar piadas, mas recebi essa por email e achei �tima.

A velhinha com mais de 80 anos, mas toda el�trica, entra na farm�cia:

- Vocês têm analg�sicos?
- Temos sim senhora
- Vocês têm rem�dio contra reumatismo?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm Viagra?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm pomada anti-ruga?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm gel para hemorr�idas?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm bicarbonato?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm antidepressivos?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm son�feros?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm rem�dio para a mem�ria?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm fraldas para adultos?
- Temos sim senhooooora.
- Vocês têm...

- Minha senhora! Aqui � uma farm�cia, n�s temos isso tudo. Qual � o seu problema?

- � que vou casar com meu noivo, de 95 anos, no fim do mês, e n�s gostar�amos de saber se poderemos deixar nossa lista de casamento aqui com vocês...

segunda-feira, agosto 09, 2004

Ando totalmente sem id�ias do que postar. Vou deixar um texto da Martha Medeiros, que � sempre uma boa pedida. Enquanto a inspira�ão não vem. (Alo, minha inspira�ão, estou precisando de você!)

Garoto de Recados


Você conhece o tipo. � aquele que nunca diz diretamente o que sente por você. Os olhos dele transmitem desejo, os bra�os a seguram com firmeza, mas verbo, que � bom, não rola. Ser� que ele nunca vai se abrir, nunca vai falar? Menina, ele deixa um monte de pistas, você que não se d� conta.

Tem gente que, por não ter nascido com o dom da oratória e muito menos com voca�ão pra poeta, pede palavras emprestadas para dizer o que sente. Emprestadas de onde? Das músicas que gosta. Dos livros que d� de presente. Dos filmes que vive comentando. Est� tudo ali, você que não presta aten�ão.

O que ele sente est� na p�gina 27 do livro do Borges que ele fez questão que você lesse. Aquele trecho de uma carta do Caio Fernando Abreu, que est� sublinhado ? caneta, não narra justamente o que vocês viveram no final de semana passado? E adivinhe por que o cara fez questão de levar você para ver aquele filme francês que ele j� viu sozinho duas vezes. Adivinhe. Ele est� inteiro naquela cena do casal dentro do metrô. � tudo o que ele gostaria de falar pra você, mas diz assim, atrav�s de terceiros.

O e-mail dele vem cheio de cita�ôes, ele vive cantarolando sempre a mesma música, at� a camiseta que ele veste tem uma frase em inglês que você tem pregui�a de traduzir. Traduza. Ele est� falando com você.

Ele não diz nada de autoria própria, teme ficar solene, apavora-se diante das exigências verbais que lhe cobram. Prefere, disparado, as met�foras. � plagiador confesso. Preste aten�ão na letra, no refrão, na música que ele colocou pra tocar, ele est� mandando um recado. Os cineastas, os poetas, os malucos, todos os homens apaixonados do planeta falam por ele, e você não escuta.

Ele quer que você leia os olhos, as mãos, os l�bios. Ele não vai optar pelo chavão, pela trivialidade daquele "eu te amo" que você aguarda com impaciência. O idioma dele � outro. Ele silencia para que falem por ele. Aten�ão para aquele momento em que ele aumentou o som, interesse-se pelo trecho de Proust que ele sempre relê em voz alta, tente captar os versos que ele sabe de cor mas que não são de autoria dele - mas ao mesmo tempo são. Antene-se nos recados, em todas as palavras em que você trope�a e que foram largadas por ele bem no seu caminho, bem por onde você passa. H� mil maneiras de se fazer uma declara�ão.

Vocês acham que Guaruj� ou Copacabana ficam lotadas? Vejam isso:


(foto: ultimo segundo)
Mais de dois milhões de turistas lotam praias na Cor�ia do Sul.



sábado, agosto 07, 2004



Esse � o melhor presente que um pai pode querer. O sorriso de um filho.
(não sou coruja, mas minha filha � linda!)

A todos papais, feliz nosso dia!



O filho que eu quero ter

� comum a gente sonhar eu sei,
Quando vem o entardecer
Pois eu tamb�m dei de sonhar
Um sonho lindo de morrer
Vejo um ber�o e nele eu me debru�ar
Com o pranto a me correr
E assim chorando acalentar
O filho que eu quero ter
Dorme meu pequenininho
Dorme que a noite j� vêm
Teu pai est� tão sozinho
De tanto amor que ele tem
De repente eu vejo, se transformar
Num menino igual a mim
Que vem correndo me beijar
Quando eu chegar l� de onde eu vim
Um menino sempre a me perguntar
Um "porque" que não tem fim
Um filho a quem s� queira bem
E a quem s� diga que sim
Dorme menino levado
Dorme que a vida j� vem
Teu pai est� tão cansado
De tanta dor que ele tem
Quando a vida enfim me quiser levar
Pelo tanto que me deu
Sentir-lhe a barba me ro�ar
No derradeiro beijo seu
E ao sentir tamb�m sua mão vedar
Meu olhar dos olhos seus
Ouvir-lhe a voz a me embalar
Num acalanto de adeus
Dorme meu pai sem cuidado
Dorme que ao entardecer
Teu filho sonha acordado
Com o filho que ele quer ter

sexta-feira, agosto 06, 2004



Ela foi considerada a mulher mais bonita do mundo.
Algu�m discorda?
Não esque�am que hoje eu estou l� no playground.

Vamos l� ouvir (e cantar) a m�sica do Vandr� que um dia foi proibida em todo o Brasil!

terça-feira, agosto 03, 2004



Juro que pensei que ele ia pousar no telhado do pr�dio!
Não preciso mais ficar avexado quando for comprar Viagra. Digo que irei escalar o Monte Everest.

Viagra melhora atividade f�sica nas alturas, diz estudo
(da BBC Brasil)

Toda vez que a Sele�ão Brasileira joga na Bol�via ou no Peru, a altitude � o principal advers�rio da equipe. A sa�da pode ser tomar Viagra antes de entrar em campo.

Pelo menos � o que indica uma pesquisa feita por cientistas alemães no Monte Everest. O estudo concluiu que o sildenafil, o agente ativo do rem�dio contra a impotência sexual, ajuda a aumentar a capacidade de fazer exerc�cios para quem est� sujeito às condi�ões encontradas nas altitudes elevadas.

Not�cia completa aqui, na Folha online.

domingo, agosto 01, 2004

Segundo a Revista Veja estes alimentos, essenciais em uma dieta equilibrada, tendem a melhorar o humor.



Banana Madura
� rica em carboidratos, que estimulam a produ�ão de serotonina, neurotransmissor respons�vel pela sensa�ão de bem-estar. Uma ou duas bananas podem ser ben�ficas em crises de stress.
(banana menina, tem vitamina, banana engorda e faz crescer...)


Leite
O c�lcio presente na bebida atua com relaxante muscular; e o triptofano, um amino�cido, tamb�m aumenta a produ�ão de serotonina. Consuma ao menos um copo (200 mililitros) ao dia.
(Mamãe eu quero, mamãe eu quero, mamãe eu quero mamar...).


Pimenta Vermelha
A capsaicina, respons�vel pelo sabor ardido, estimula as termina�ões nervosas da l�ngua e a produ�ão de endorfinas pelo c�rebro. Para o humor, as melhores são a pimenta-de-cheiro, a vermelha, a malagueta ou a comari.
(mas não exagere porque sempre tem o dia seguinte!!!)


Chocolate
O carboidrato em sua versão mais simples, o a��car, � tiro e queda para garantir o bem-estar. Como ele � de digestão r�pida, o aumento da produ�ão de serotonina � quase imediato. Mas aten�ão: não � preciso mais que um bombom de 30 gramas para sentir-se melhor.
(Viu Eliane e Fl�via, um bombom por dia??)


Espinafre
Cont�m �cido f�lico, nutriente que ajuda a manter equilibrados os n�veis de uma enzima respons�vel pelo controle do impacto de situa�ões angustiantes no c�rebro. Um prato de sobremesa ao dia � suficiente.
(Mas não v� sair por a� dando uma de supervalente feito Popeye).

Fotos: Popeye: http://hq.cosmo.com.br/
Demais: CORBIS

Fonte: Veja 21/7/2004