sábado, julho 31, 2004



Dia 31 de Julho - Dia do Orgasmo
Embolada

Gênero musical que teve origem no Nordeste brasileiro, aparecendo mais freq�entemente na zona litor�nea e mais raramente na zona rural, suas caracter�sticas principais incluem uma melodia mais ou menos declamat�ria, em valores r�pidos e intervalos curtos. O gênero � simples e não possuiu qualquer composi�ão preestabelecida, quanto ao n�mero e disposi�ão dos versos. Um estribilho � repetido, num intervalo maior ou menor por um dos cantadores, enquanto o outro improvisa. A letra � geralmente cômica, sat�rica ou descritiva. O texto, com freq�ência, � alterado com alitera�ões e onomatop�ias. A dic�ão, por vezes complicada, torna-se mais dif�cil devido a rapidez com que os versos muitas vezes são improvisados. (...) Nas feiras nordestinas uma das principais atra�ões � o encontro de dois emboladores, empunhando o pandeiro ou o ganz�, um instrumento de flandre, cheio de caro�os de chumbo. Entre os principais emboladores, destaca-se a figura do alagoano Tira-Teima. Com o advento do r�dio e especialmente a partir da invasão da m�sica nordestina nos anos 40, destacaram-se diversos artistas cultores do gênero. Um dos principais nomes do gênero foi o pernambucano Manezinho Ara�jo, que fez grande sucesso nos anos 40 e 50 com suas emboladas, com destaque para "Veja como o coco � bom", "As metraia dos nav�", "Quando a rima me fart�" e "Cuma � o nome dele", entre outras composi�ões. Mais recentemente destacaram-se na embolada as duplas Caj� e Castanha e Terezinha e Lindalva, essa �ltima apresentando-se no Rio de Janeiro, principalmente no Largo da Carioca.


Fonte: Dicion�rio Cravo Albin da M�sica Popular Brasileira

sexta-feira, julho 30, 2004


(recebido por email da Silvia)


Hoje é sexta-feira, dia de Bav�ria, mas também é sexta-feira de lua cheia. Dia de ...lobisomem

Diz a lenda que quando uma mulher tem 7 filhas e o oitavo filho é homem, esse menino ser� um Lobisomem. Também o ser�, o filho de mulher amancebada com um Padre.
Sempre p�lido, magro e orelhas compridas, o menino nasce normal. Porém, logo que ele completa 13 anos, a maldi�ão come�a.

Na primeira noite de ter�a ou sexta-feira, depois do anivers�rio, ele sai à noite e vai até um encruzilhada. Ali, no silêncio da noite, se transforma em Lobisomem pela primeira vez, e uiva para a lua.

Daí em diante, toda ter�a ou sexta-feira, ele corre pelas ruas ou estradas desertas com uma matilha de cachorros latindo atr�s. Nessa noite, ele visita, 7 partes da região, 7 p�tios de igreja, 7 vilas e 7 encruzilhadas. Por onde passa, a�oita os cachorros e apaga as luzes das ruas e das casas, enquanto uiva de forma horripilante.

Antes do Sol nascer, quando o galo canta, o Lobisomem volta ao mesmo lugar de onde partiu e se transforma outra vez em homem. Quem estiver no caminho do Lobisomem, nessas noites, deve rezar três Ave-Marias para se proteger.

Para quebrar o encanto, é preciso chegar bem perto, sem que ele perceba, e bater forte em sua cabe�a. Se uma gota de sangue do Lobisomem atingir a pessoa, ela também vira Lobisomem.



Todos juntos, vamos, pra frente Brasil, Brasil
Salve a sele�ão...


Você lembra dessa música? Então vai l� no Playground cantar comigo!

quarta-feira, julho 28, 2004

terça-feira, julho 27, 2004

3:24

Hoje eu quero lembrar
Hoje eu quero voltar
e dan�ar um bolero com você
não quero falar nem ouvir
s� quero sentir a música e teu cora�ão
s� quero voltar e lembrar que um dia
n�s dan�amos um bolero
e sonhamos momentos que jamais existiriam
sonhamos momentos que se acabaram
com o fim da música
uma vida inteira
em três minutos e vinte e quatro segundos.

segunda-feira, julho 26, 2004



Fazendo uma pesquisa no Corbis a procura de fotos para um post sobre doces, digitei a palavra BALAS e entre as v�rias fotos de doces, bombons e afins encontrei essa aí acima. Não entendi! Algu�m saberia me explicar?


domingo, julho 25, 2004



C A M P E Ã O!!!
C A M P E Ã O!!!

NÓIS � NÓIS

(e o melhor � ganhar da Argentina!)


Toma os rem�dios direitinho. Fa�a repouso, como os m�dicos mandaram. Entendeu? Estou sentindo muito a sua falta!

sábado, julho 24, 2004



Casal de ativistas do PETA se beija em Boise, Idaho, tentando provar que vegetarianos são melhores amantes.


E agora? Eu que não dispenso um bom bife, uma bistequinha de porco, uma picanha na manteiga, um espeto de lingüi�a...


quinta-feira, julho 22, 2004

TESTE: QUEM � VOCê?

Fa�a este teste... E envie isto a seus amigos, e os deixe saber quem � você.
Não espie, mas comece o teste e veja abaixo a resposta.
Respostas são para quem você � agora... Não para quem você foi no passado.
Este � um teste real dado pelos Depto. de Rela�ões Humanas de muitas grandes empresas hoje em dia. Ajuda entender melhor o que interessa aos empregados deles e empregados em potencial.
São s� 10 perguntas simples, assim...


Eu não quis copiar o teste todo. Quem quiser fazer, ele est� aqui no blog da minha amiga Jaqueline.

Eu fiz 40 pontos.







quarta-feira, julho 21, 2004



Congresso Mundial de Papais-no�is na Dinamarca!! O pr�ximo ser� de lobos maus, de bichos-papão, de duendes, de pol�ticos brasileiros honestos...

terça-feira, julho 20, 2004

Hoje estou exercendo meu lado mulher... Estou cozinhando e lavando roupa... Vocês pensaram o que? Pensam que vida de mulher � s� *&t#9? Não � não! Então, estava eu na cozinha, abrindo potes do freezer, tentando achar algo pronto para o almo�o, s� por no maicroueiver e esperar o PLIM! Mas o que achei foi o resto de um frango de cachorro. So duas coxas e um peito. Tem algo pior do que peito de frango? Aquela coisa seca, enorme, porque frango parece que s� tem peito... E esse frango era digno de personagem do Fellini. Aquele peitão! Sabe? Jane Mansfield? Pois �. Então mais uma vez veio à tona o lado mulher, aquela que na cozinha cria e faz daquele resto de comida que ningu�m mais quer ver (nem o cachorro) num prato saboros�ssimo! (saporis�ssimo � com esse ou com zê?). Bom, peguei o peito (do frango) e desfiei. (O cachorro acompanhou tudo, passo a passo). Numa panela fritei alho, cebola, mangericão, or�gano com azeite (espanhol, porque argentino l� em casa, nem �leo!) (Ah, Mariana, você � exce�ão!). Depois de bem fritinho, coloquei dois tomates sem pele e sem sementes. Depois coloquei mustarda, catchup e PIMENTINE (molho de pimenta �rabe com tahine). Depois de refogar tudo isso, coloquei o peito (do frango) desfiado e misturei. Deixei uns minutos, apaguei o fogo. Pra acompanhar fiz arroz branco e br�colos frito na manteiga com alho.

Não sei se essa receita j� existe, mas fez o maior sucesso l� em casa. Meu lado mulher est� cada vez melhor.

Uma coisa que esqueci de falar e que � fundamental:

Uma garrafa de bebida alco�lica, Rum, Pinga, Vodka � essencial para o preparo desse prato, Um copo e gelo. Sem isso eu prepararia tudo normalmente, mas jamais relataria aqui no blog!




A melhor coisa que me aconteceu quando resolvi fazer um blog foi conhecer pessoas e expandir minha rela�ão de amigos. AMIGOS. Foram muitos, felizmente. Não vou citar nomes porque fatalmente vou esquecer de algum e vou acabar perdendo e eu estou aqui para ganhar.

Para todos vocês, feliz dia do Amigo. Obrigado por permitir que eu os chame assim

segunda-feira, julho 19, 2004

domingo, julho 18, 2004

Super Bonder

Por que as coisas nunca funcionam como dizem as instru�ões?

Quebrei a tampa de um porta tempero. Comprei um tubo dessa cola. Passei a dita cuja nas partes e segurei por 30 segundos, como estava escrito na embalagem. Colou direitinho... No meu dedo. �gua corrente para descolar (que ningu�m saiba, porque justo hoje o bairro est� sem �gua!). Dedo e pl�stico separados, repeti a opera�ão. As partes insistiam em não ficar no lugar exato. Acesso de raiva, tampa voando pela janela. Olho para baixo com o bin�culos, porque moro no s�timo andar. Visualizo a tampa inteirinha. Colou! Agora o telhado do vizinho tem uma tampa em bom estado e eu um vidro de noz moscada destampado.

Uma boa semana para todos, com ou sem tampa!


Continuo engolindo sopros de você!

sexta-feira, julho 16, 2004


Trazida por Roberto Carlos de Minas Gerais, era conhecida como "Queijinho de Minas" entre os fãs da Jovem Guarda. Apresentou-se diversas vezes no programa Jovem Guarda, gravando o primeiro compacto em 1966. Compositora, cantora e pianista, seu grande sucesso, "Eu Daria a Minha Vida", foi gravado por Roberto Carlos e incluído em seu LP "San Remo 1968". Erasmo Carlos gravou "S� Sonho Quando Eu Penso que Você Sente o que Eu Sinto". Outras composi�ões de Martinha, gravadas por ela mesma, são "Barra Limpa" e "Eu Te Amo Mesmo Assim".



Tardes de Domingo. Década de 60. Eu não perdia um programa. Acho que ninguém na época perdia. Pelo menos aqueles da minha idade. E, como eles, também tinha meus preferidos. Roberto, claro, Renato e seus Blue Caps, Erasmo e Martinha. Não, não esqueci Wanderleya. Mas não gostava muito dela. Gostava mesmo era de Martinha. Tanto que comprei o primeiro LP dela que tenho até hoje. Cheguei a ir num show com todo o pessoal da Jovem Guarda e berrar o nome dela até ela olhar. Naquela hora quase gos**...rs! Loucura isso, não? Quando me imagino, morro de vergonha. Mas não tínhamos isso quando est�vamos no meio da turma de alucinados. Queríamos ver nossos ídolos e queríamos que eles nos vissem também. Por isso entendo quando vejo agora jovens fazendo as mesmas coisas que nos fazíamos. Na verdade apesar de os tempos serem outros as atitudes, as idéias, os pensamentos são sempre os mesmos. Queremos ficar perto, seja ele Francisco Alves, Roberto Carlos ou Jota Quest.







� aqui que estarei a partir de hoje e todas as sextas-feiras. Espero a visitas de voc?s!

De olho na ju�za

Homem entra na justi�a v�rias vezes por amor.

O apaixonado romeno foi pela primeira vez para corte quatro anos atr�s por causa de uma demissao injusta. Mas depois de colocar os olhos na ju�za Elena Lala, ele processou seus funcion�rios outras dezenas de vezes � somente para poder encontr�-la.
�Eu me apaixonei por ela e quando eu descobri que ela era casada, eu nao sabia como fazer para ve-la novamente�, ele disse ao jornal Libertatea nessa quinta-feira. �O �nico jeito de eu ve-la era na corte, entao eu procurei o livro de leis e voltei l� com todos os tipos de problema.�

A not�cia completa est� aqui, �!




quinta-feira, julho 15, 2004

recadinho 
Dois dias, 7 horas, 8 minutos

Essa m�sica cai como uma luva!





Modelo veste roupa no desfile outono/inverno da estilista francesa Stephan Janson em Roma
Fonte: ultimo segundo


De onde ser� que a estilista tirou a idéia?


Darth Vader - personagem de Star War


Foto: Darth Vader official site

quarta-feira, julho 14, 2004

Tem de tudo na Internet. Malucos para todos os gostos. Leiam o site do Sr. Davino. Ele mostra e prova que a Terra não gira ao redor do sol!




Pão de forma branco aumenta barriga, diz pesquisa
da BBC Brasil


Comer muito pão de forma branco aumenta a barriga, segundo uma pesquisa nos Estados Unidos.

Leiam a notícia completa aqui.


Olha aí, todo mundo fala que esta pequena protuberância que come�a um pouco acima do meu umbigo e termina na região púbica � devido à quantidade de cerveja que eu bebo. Enganam-se entretanto. Est� aí a prova que o grande causador disso � o pão de forma branco. Aquele lanchinho que como as vezes, inocente, recheado de uma folha de alface e algumas fatias de salame hamburguês, quem diria, � o grande culpado. Bom saber disso. Da pr�xima vez substituirei o pão de forma branco por outro qualquer e beberei minhas Bohemias sem maiores preocupa�ões.



terça-feira, julho 13, 2004

Eu recebi isso via email. Para mim é mais uma daquelas lendas urbanas criadas para circular pela internet. Em todo caso estou publicando porque a imagem é interessante!


A recente atividade de explora�ão de gás na região do sudeste do deserto da Arábia, descobriu a existência de um esqueleto humano de tamanho fenomenal.
Esta região do deserto da Arábia é conhecida como Quadrante Vazio, ou em árabe, 'Rab-Ul-Khalee'. A descoberta foi feita pela equipe da Explora�ão da Aramco.
Veja o que está escrito na B�blia em Genesis 6:4; Números 13:23-33; Samuel 21:22:
"Vimos ali gigantes filhos de Anaque, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos e assim também éramos aos seus olhos."
O Exercito de Saudi isolou a área inteira e ninguém está autorizado a entrar exceto o pessoal da Aramco. Foi mantido em segredo, mas um helicóptero militar fez exame de reconhecimento e obteve alguns retratos aéreos e um destes, o qual foi divulgado através da Internet na Arábia Saudita. Veja a foto e note o tamanho dos dois homens que estão no retrato comparados ao tamanho do esqueleto!!!





Gostaria de escrever sobre isso, mas estou completamente sem tempo. Fica o poster e a música para marcar o dia!
Mo�a Bonita, a que você postou ontem � engra�ada, mas prefiro a original!

sexta-feira, julho 09, 2004

Como eu as vezes dedico a m�sica para algumas pessoas, a de hoje � para a Reichel.
A VIDA ESTA TÃO DURA

QUE EU VENDIA HARDWARE,

PASSEI A VENDER SOFTWARE

E HOJE VENDO

TUPPERWARE
Hoje � feriado em São Paulo. 9 de Julho � o dia da Revolu�ão Constitucionalista de 1932. L� embaixo tem um pequeno texto sobre o que foi essa Revolu�ão.

Antes um pouco de hist�ria... Hist�ria da minha família.

Em 1932 eu não era nascido ainda, mas meus av�s j� moravam no bairro da Mo�ca. Naquela �poca, por se tratar de um bairro distante do centro, havia poucas casas e os soldados (pracinhas) ficavam acampados pela região. Um dia alguns deles chamaram minha av� e perguntaram a ela se poderia fazer comida para eles. Ela respondeu que não haveria problema, mas que infelizmente ela não tinha comida. Era um tempo ruim, não havia muito dinheiro e eram muitas bocas para alimentar (minha av� teve 13 filhos dos quais oito chegaram à fase adulta). Eles pediram que ela esperasse e depois de um tempo voltaram com um cabrito. Foi a refei�ão dos soldados, de meus av�s e dos meus 13 tios. Nos dias que se seguiram os fatos se repetiram mudando sempre os animais: porcos, galinhas... Contava minha av� que foi a �poca que eles comeram melhor na vida.

Isso foi algumas das coisas que eu lembro das conversas da minha av�. Ela foi uma mulher e tanto. Abandonada pelo marido com 13 crian�as pequenas. Sozinha encarou a vida e viveu muito e muito bem. Morei com ela desde que nasci at� ela morrer, em 1971 com 91 anos de idade. Morreu de velhice, mas consciente. Viveu at� essa idade bebendo vinho e cerveja e comendo muita macarronada. Eu a amava muito e tenho muita saudade!

Fonte: Dialma Marchiori Cavichioli (um beijo, nona)


Revolu�ão Constitucionalista de 1932

Movimento de insurrei�ão contra o governo provis�rio de Getúlio Vargas ocorrido de julho a outubro de 1932, em São Paulo.

No dia 23 de maio de 1932, durante comício no centro da cidade de São Paulo, a polícia reprime os manifestantes, causando a morte de quatro estudantes. Em sua homenagem, o movimento passa a chamar-se MMDC � iniciais de Martins, Miragaia, Dr�usio e Camargo, os mortos � e amplia sua base de apoio entre a classe m�dia.

Batalhões de volunt�rios � Em 9 de julho come�a a rebelião armada, proclamada pelo ex-governador paulista Júlio Prestes e pelo interventor federal Pedro de Toledo, que aderira ? campanha constitucionalista.

Os comandantes militares Isidoro Dias Lopes, Bertoldo Klinger e Euclydes Figueiredo, contudo, sabem que as for�as federais são superiores. Eles contam com a adesão e o apoio prometidos por outros estados, como Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Mas o refor�o não chega, e São Paulo � cercado pelas tropas legalistas. Depois de negocia�ões, envolvendo anistia aos rebeldes e facilidades para o exílio dos líderes civis e militares do movimento, os paulistas anunciam sua rendi�ão em 3 de outubro de 1932.

Fonte

quinta-feira, julho 08, 2004


Um dia

Sem encontros
Sem conversas
Sem promessas
Sem lamentos
Sem remorsos
Sem recusas
Sem sorrisos
Sem conselhos
Sem segredos
Sem confissões
Sem discussões
Sem sentimentos
Sem doces momentos

S� sofrimento

quarta-feira, julho 07, 2004

terça-feira, julho 06, 2004

Post Especial dedicado ao Picol� de Limão



Sem você minha vida seria vazia. Você tem gostinho de quero mais. Você tem a dosagem certa de acúcar. Não � doce demais como aqueles de chocolate, que enjoam logo logo. Você � tudo certinho, tudo de bom. Adoro você, meu picol� de limão!



Caminho ignorando espa�os, limites, olho para o chão, vejo folhas velhas, flores que j� foram vi�osas, coloridas, transmitiram alegria para quem as olhasse. Vejo folhas que apodrecem misturadas a mil objetos que j� não são mais o que foram. Nada vejo ao meu redor. Sons, risos, um grupo de saltimbancos fazem estripulias. Mexem com passantes, mexem com o mendigo sentado no banco comendo um lanche que se parece com o emaranhado de coisas no chão. H� muito foi feito. Cantam, tocam violino e flauta. O som se mistura aos meus pensamentos. Não h� motivo para risos, para alegrias. O momento, o hoje, o agora não �. Vivo este momento aqui junto com as folhas que apodrecem como meus pensamentos. Penso que um dia estarei como elas. Penso que o momento � agora. Não precisaria mais pensar nem me preocupar com nada. O som do violino aparece como uma can�ão final. Como homenagem. Como um adeus.


Assunto: Inssanterente

De aorcdo com a pqsieusa de uma uinrvesiddae inglsea, não
ipomtra em qaul odrem as lrteas de uma plravaa etãso, a �ncia
csioa iprotmatne � que a piremria e a �tmlia lrteas etejasm no
lgaur crteo. O rseto pdoe etrsa uma b�guana que vcoê cnosguee ler sem pobrlmea. Itso � poqrue não lmeos cdaa lrtea isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo. Cruisoo, não ahca?


O mundo de hoje � travesti

Arnaldo Jabor

Est� rolando na internet um texto rid�culo sobre "mulheres" atribu�do a mim.
Sou uma besta, todos o sabem; mas, não chego a esse relincho lament�vel do asno que o escreveu. Diz coisas como: "A mulher tem um cheirinho gostoso, elas sempre encontram um lugarzinho em nosso ombro." Uma bosta, atribu�da a mim. Toda hora um idiota me copia e joga na rede. Por isso, vou falar um pouco de mulher, eu que mal as entendo na vida. Não falarei das coxas e seios e bumbuns... Falo de uma aura mais fluida que as percorre.


A mulher � poesia. O homem � prosa. Isso não quer dizer que a mulher seja do bem e o homem do mal. Não. Muita vez, seus abismos são venenosos, seu mist�rio nos mata. A mulher quer ser possu�da, mas não s� no sexo, tipo "me come todinha". Falam isso no motel, para nos animar. O homem � pornogr�fico; a mulher � amorosa.

... ... ...

O texto � grande, mas vale a pena ser lido. Est� l� no outro Voltameg... Aqui �!

segunda-feira, julho 05, 2004

domingo, julho 04, 2004

Eu recebo de tudo via email, mas esta � nova:

�COMERCIALIZA�ÃO DE VACAS GIROLANDO 1/2; 3/4; E 7/8 DE SANGUE.
TODAS COM CRIA AO P�. �TIMAS MATRIZES E PRODUTORAS DE LEITE.
VENHAM CONHECER NOSSO PLANTEL.
ESTAMOS LOCALIZADOS NO TRIÂNGULO MINEIRO,
NO MUNIC�PIO DE TUPACIGUARA-MG, ENTRE UBERLÂNDIA-MG E ITUMBIARA-GO.

CONHE�A TAMB�M NOSSO CAMPO DE TIFTON-85 QUE ALIMENTA
TODO O NOSSO REBANHO E DESCUBRA O PODER DA TIFTON-85.
MAIS INFORMA�ÕES ATRAV�S DE NOSSO SITE: www.tifton-85.com.br

FAZENDAS PRADO�

Os caras pensam que eu sou milion�rio para comprar vacas.

Quem gosta de vacas � o Will. Ali�s, Will, uma das suas fugiu e est� aqui comigo. Assim que conseguir fotograf�-la eu te mostro.




Esta�ão de Perdas

H� horas em nossa vida que somos tomados por
uma enorme sensa�ão de inutilidade, de vazio...
Questionamos o porquê de nossa existência e
nada parece fazer sentido.
Concentramos nossa aten�ão no lado mais cruel
da vida, aquele que � implac�vel e a todos afeta
indistintamente: As perdas do ser humano.

Não � um texto novo. Recebi da Mariana j� faz algum tempo. Quem não conhecer ou quiser relê-lo, fa�a-o aqui.

sexta-feira, julho 02, 2004

Ele foi um dos maiores atores de cinema de todos os tempos.

Marlon Brando (1924-2004)


(cena do filme Don Juan de Marco, aqui com Faye Dunaway)


Vamos ajudar o bêbado? � s� equilibr�-lo com a ajuda do mouse!
Coisas dif�ceis de tirar

O pl�stico de um CD
Três quilos a mais
Dinheiro da profissão que você ama
Um pêlo encravado
Uma ressaca sensacional
Uma d�vida existencial
Cheiro de xixi de gato
E etiqueta que est� incomodando
O excesso de sal
A roupa na primeira vez
O controle remoto das mãos de um homem
O sentimento de culpa

(fonte: revista cl�udia jul/04)


Vejam que boa id�ia para portas de banheiros em bares:



quinta-feira, julho 01, 2004

Da s�rie "Coisas que se atraem"

Meu sal�rio e contas para pagar!

Hist�ria do Tango



O Tango nasceu nos fins do s�culo XIX derivado das misturas entre as formas musicais dos imigrantes italianos e espanh�is, dos crioulos descendentes dos conquistadores espanh�is que j� habitavam os pampas e de um tipo de batuque dos negros chamado "Candombe". H� ind�cios de influência da "Habanera" cubana e do "Tango Andaluz". O Tango nasceu como expressão folcl�rica das popula�ões pobres, oriundas de todas aquelas origens, que se misturavam nos sub�rbios da crescente Buenos Aires.
Numa fase inicial era puramente dan�ante. O povo se encarregava de improvisar letras picantes e bem humoradas para as musicas mais conhecidas, mas não eram, por assim dizer, letras oficiais, feitas especificamente para as m�sicas nem associadas definitivamente a elas.

Em p�blico, dan�avam homens com homens. Naqueles tempos era considerada obscena a dan�a entre homens e mulheres abra�ados, sendo este um dos aspectos do tango que o manteve circunscrito aos bord�is, onde os homens utilizavam os passos que praticavam e criavam entre si nas horas de lazer mais familiar. Mais tarde, o tango se tornou uma dan�a tipicamente praticada nos bord�is, principalmente depois que a industrializa�ão transformou as �reas dos sub�rbios em f�bricas transferindo a mis�ria e os bord�is para o centro da cidade. Nessa fase haviam letras com tem�tica voltada para esses ambientes. São letras francamente obscenas e violentas.

Fonte



WASHINGTON - Vinte esta�ões de televisão norte-americanas que transmitiram a cena em que Janet Jackson mostrou seu seio durante o Super Bowl devem ser multadas em 27.500 d�lares cada, segundo recomenda�ão feita à instância reguladora federal, informou na quarta-feira uma fonte bem informada sobre o assunto.
(�ltimo segundo-reuters)

Vocês não acham que quem deveria ser multada era ela... Esse seio vale tudo isso?